sábado, 27 de junho de 2009

Vila da Trindade e Paraty / RJ

Local : Vila da Trindade e Paraty / RJ

Evento : Passeio com amigos do Fazeronline

Data : 11 e 12/04/09
Saída : 11/04/09 - 06:00 hs
Retorno : 12/04/09 - 17:50 hs

Odômetro :
10.192 km
Km percorridos : 654 km

Hospedagem :
Pousada Silotel no Centro Histórico de Paraty

Café da manhã em Itaguaí - Restaurante Dom Zelittus




Parada na Rodovia Rio x Santos - Mangaratiba - RJ
Ponto de encontro com o amigo de São Paulo.

Ponto de encontro com o amigo de Angra dos Reis.
Rua Principal da Vila da Trindade - Paraty - RJ
Almoço em restaurante na Vila da Trindade.
Ponto de encontro com o amigo do Rio de Janeiro.
Praia do Meio - Vila da Trindade - Paraty - RJ



Pórtico da entrada de Paraty - RJ

Pousada no Centro Histórico de Paraty onde fizemos o pernoite.








Centro Histórico de Paraty

Prédio da Prefeitura de Paraty
Igreja de Santa Rita
Em 1722 os homens pardos libertos iniciaram a construção em louvor ao Menino Jesus, a Sta. Rita e a Sta. Quitéria.
Composto de Igreja, consistório, sacristia, cemitério e pátio ajardinado.
Construída de pedra e cal.
Atualmente funciona no prédio o Museu de Arte Sacra de Paraty.

Quartel da Patitiba
Data do início do século 18. Entrou em ruínas e em seu lugar foi construída a cadeia pública. Atualmente, abriga o Instituto Histórico e Artístico e a Biblioteca Municipal.
Igreja do Rosário
Construída em 1725, foi inicialmente a Igreja dos escravos.
Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios
Em 1646, a piedosa senhora D. Maria Jácome de Mello doou uma área de terras para que ali fosse construída uma capela dedicada a N. Sra. dos Remédios.Foi ao redor desta capela que se formou o povoado de Paraty. Assim, surgiu de pedra e cal a primeira capela, que foi demolida em 1668 para dar lugar a uma Igreja maior, que só foi terminada em 1712.
Porém, em 1787, esta Igreja já era pequena para abrigar todos os fiéis de Paraty, por isso iniciou-se a construção de uma nova Igreja maior e mais suntuosa. A 7 de setembro de 1873, a nova Igreja foi entregue ao culto público, sendo precedida a bênção por uma procissão da Igreja de Santa Rita para a Igreja de N. Sra. dos Remédios, fato que é repetido anualmente na Festa da Padroeira.
Destacam-se na construção de estilo neoclássico, as torres inacabadas e o fundo da Igreja sem terminar.
Igreja Nossa Senhora das Dores
Foi construída no ano de 1800 por mulheres da aristocracia Paratyense.
Destaca-se o seu galo-catavento na torre. É também conhecida como "capelinha".
Forte Defensor Perpétuo
Foi construído em 1703, para proteger a cidade da invasão de piratas, e reconstruído em 1722, quando recebeu esse nome em homenagem a Dom Pedro 1º. Dos sete fortes que existiam é o único que resistiu até hoje. Abriga uma das poucas casas de pólvora das fortificações brasileiras. No local, funciona o Centro de Artes e Tradições Populares de Paraty.


Trilha que leva ao Forte
Foto tirada de certo ponto da trilha
Visual do Morro do Forte.



Visual de dentro do Cemitério de Paraty.

Ponte sobre o Canal de Paraty
Fotos tirada na Rodovia Rio x Santos - Angra dos Reis - RJ
Usina Nuclear Angra I